quimioterapia
|

Tratamentos não farmacológicos para neuropatia periférica por quimioterapia

A quimioterapia é um dos pilares do tratamento do câncer e dentre os seus diversos efeitos colaterais inclui-se a neuropatia periférica (NP)

A NP ocorre devido ao efeito neurotóxico da quimioterapia e é caracterizado pela degeneração dos nervos periféricos, levando a prejuízo sensitivo e motor.

A NP depende do medicamento utilizado (derivados de  taxanos e platina), tempo de administração e dose cumulativa, podendo inclusive ser suspenso o tratamento dependendo de sua agressividade.

Dentre os tratamentos não farmacológicas para o seu tratamento, incluímos

  • Fortalecimento muscular
  • Plataforma Vibratória
  • Escalda Pé
  • Treino de Equilíbrio
  • Exercicios aerobicos
  • Fotobiomodulação
  • Técnicas de dessensibilização sensorial
  • Fotobiomodulação

Esses recursos e condutas podem ser utilizados com objetivo de prevenir ou tratar sintomas decorrentes da neuropatia, como fraqueza muscular, câimbras, fasciculações, atrofia muscular, degeneração óssea, alteração de pele e anexos, alteração sensitiva e autonômica.

Similar Posts